RENOVAR O GUARDA-ROUPA SEM GASTAR DINHEIRO

20:57

Renovar o guarda-roupa sem gastar dinheiro parece um sonho inalcançável, muitos diriam até impossível, mas eu consegui provar o contrário, pois há diversas maneiras de adquirirmos uma quantidade imensa de roupa e afins, mesmo quando as nossas carteiras choram por falta de dinheiro. Nesta publicação, vou contar-vos como.

Esta foto não me pertence, infelizmente também desconheço o autor da mesma





Antes de mais, é importante ter consciência de que todos os esforços exigem o mínimo de trabalho. Por outro lado, nem todas as peças do nosso armário têm de vir directamente de um centro comercial, até porque é importante ter noção de que o consumo compulsivo em grandes superfícies, tem tudo menos algo de bom. Vamos então ao que realmente querem saber: mas afinal, como é que encho o guarda-roupa, sem dinheiro nenhum?


PRIORIZA E ORGANIZA-TE

Primeiro, faz uma selecção de tudo o que tenhas no armário. Terás certamente peças muito pouco usadas ou esquecidas cuja única função é ocupar espaço. É por aqui que começamos. Ao fazer esta selecção, é-te possível perceber o que é que te faz realmente falta. Serão casacos? camisolas? sapatos? No fim desta pequena tarefa, é importante reteres o seguinte: de que peças te podes desfazer e o que realmente te faz falta adquirir.

VENDER OU TROCAR PEÇAS QUE JÁ NÃO USES

Esta é, a meu ver, a melhor forma de te reorganizares financeiramente e encheres o teu armário de forma mais rápida. 

Vender roupa em segunda-mão é facílimo e, caso não te queiras chatear com idas aos correios, podes sempre limitar-te a fazer entregas em mão na tua zona - embora, claro, seja muito mais eficaz se utilizares os correios como meio de aumentar o número de vendas/trocas. 

A melhor plataforma, de momento, para criares o teu pequeno negócio é, na minha opinião, o Instagram. É-te muito fácil entrar "no mundo das lojas", criar rapidamente laços e atingir números de seguidores a bater nos milhares (é uma loja, se seguires todas as lojas que encontrares quase indiscriminadamente, o mais provável é que a maioria te siga de volta). 

Apesar de todas as dicas importantes que te podia dar sobre vender facilmente peças online (e tenciono fazê-lo numa próxima publicação) o importante é teres noção que, ao venderes as peças que não te fazem falta, ficas sempre com dinheiro de lado para comprares algo de que precises (daí teres consciência de quais as tuas prioridades). 

A questão é: porquê ires a um centro comercial quando há diversas pessoas a venderem artigos idênticos em bom estado e a preços muito mais acessíveis? Talvez esse dinheiro que metes de lado te seja útil nos saldos, mas em peças de nova colecção, terias muita dificuldade em fazer render o teu ganho.

Mas, para além de vender, há realmente o mais útil de sempre quando precisas de adquirir um grande número de peças: fazer trocas! Imagina o que é trocares umas calças que já não usas por um par de sapatilhas que te fazia mesmo falta? Ou duas camisolas simples por um casaco? Enfim, as possibilidades e negociatas são quase infinitas, mas garanto que me enchi "à parva" de sapatos e roupa devido às trocas. E o melhor? É que os portes de envio são baratos e enviar algo que no teu armário só empatava, para receber uma ou várias peças mesmo giras, vale muito a pena!

VISITAR LOJAS VINTAGE E DE USADOS | FEIRAS E MERCADOS

Ainda que na minha modesta opinião, a maioria das lojas retro/vintage em Portugal pratiquem os preços mais ridículos de sempre, há algumas refundidas cujos preços conseguem ser muito acessíveis, com diversas peças a menos de 5€. 

As lojas de usados, aquelas que à primeira vista até parecem não ter nada de jeito, acabam por se revelar interessantes quando no meio de um cesto gigante de roupa encontramos aquela peça super cute por um preço ridiculamente baixo. 

Aqueles mercados modernos, muito na moda, até podem ser giros e não é impossível encontrar coisas a ótimos preços por lá. MAS, na maioria das vezes os preços são super inflacionados. 

OS ARTIGOS QUE VÊS NO PINTEREST, TUMBLR, ETC? EBAY ALL THE WAY!

No ebay encontras uma série de artigos, daqueles muito giros que vemos pelas redes sociais, desde 0,70€ COM PORTES - não estou a exagerar! É verdade! Acessórios, óculos, peças de roupa baratíssimas, enfim... Se há algo que gostes muito e não encontras em lado nenhum: Ebay.com 
Ainda que o alliexpress seja idêntico e com preços também muito baixos, das únicas duas vezes que encomendei algo de lá, não recebi os artigos, nem reavi o dinheiro de nenhum deles. Pessoalmente, não recomendo, mas posso ter tido só um azar do caraças.

QUESTIONA. O. PREÇO. DE. TUDO!

Entras numa loja ou vês um artigo online. Há duas coisas que é obrigatório te perguntares: Preciso disto? Será que consigo encontrar algo igual ou muito parecido a um preço mais baixo? Na maioria das vezes, se passares a primeira pergunta, o mais provável é encontrares mais barato noutro sítio.
*

Estas são as minhas dicas para um armário cheio de roupinha nova, muita cor e, sobretudo, sem corte quase nenhum nas vossas carteiras. Há mil e uma maneiras de pouparem muito, mas muito dinheiro, nas vossas compras. 

Claro que há cuidados a ter, sobretudo quando se compra online. Também há dicas muito valiosas no que toca a conseguir vender bem pela internet. Espero em breve fazer mais publicações deste género, para que consigam, nem que aos poucos, adquirir tudo o que gostam e precisam. Na minha opinião, as trocas são a melhor coisa de sempre e quero muito mostrar-vos a minha colecção interminável de roupa que adquiri em lojas de roupa em segunda mão, maioritariamente de trocas que fiz. 

Qual das dicas preferiram? Quais são as dúvidas que vos restam e o que gostavam de ver abordado num próximo artigo no blog? A Rita ajuda, sempre que possível.

Beijinho e que todas as vossas ambições para este ano se concretizem!

P.S - Hoje passei no exame de código e ontem chamaram-me para trabalhar um dia após a entrevista de emprego. Olá Fevereiro, espero que sejas melhor que Janeiro!



You Might Also Like

9 comentários

  1. Já utilizo muitas destas dicas, mas adorei este post! :)
    Vou ficar à espera do post com dicas para vender peças online :p

    http://ruteritamaia.blogspot.com/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Rita!
      É que são mesmo dicas simples e que nos facilitam imenso a vida :)
      A publicação para vender peças online sai entre sexta e sábado ^^

      Beijinho!

      Eliminar
  2. Gostei muito do post! Aliás, acho muito engraçado todo o processo de procura nas lojas de segunda mão, é preciso muita paciência mas ás vezes vale a pena!
    FOX WHISPER

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo plenamente! O que costumo fazer é ir guardando os nomes ou as peças de que gostei, até perceber o que quero realmente comprar ou se não consigo arranjar ainda mais em conta. Isto na internet, claro. Nas lojas é preciso ter a skill e a paciência desenvolvidas haha

      Beijinho!

      Eliminar
  3. adorei este post! obrigada por partilhares :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. De nada Nina!
      A publicação com sugestões de como começar vender online sai hoje :)

      Beijinho <3

      Eliminar
  4. Convidei-te para responder à Tag: 11 sobre mim.
    https://byjessicabatista.blogspot.pt/2017/02/tag-11-factos-sobre-mim.html?m=1

    ResponderEliminar
  5. Dicas óptimas, não só para não gastar mas para também termos consciência daquilo que compramos.

    THE PAPER AND INK

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Exactamente!
      Acho até que ter consciência das compras que fazemos acaba por ser mais importante do dinheiro que gastamos. Mas toda a gente gosta de poupar uns trocos de vez em quando :)
      Beijinho, vou ver o teu blog! <3

      Eliminar